Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Gaia Ciência

Gaia Ciência

10 dicas para tratamentos com a aromaterapia

O poder das flores — trate-se com óleos perfumados de flores, plantas e ervas aromáticas.

 

Aromaterapia

 

1. Se não quiser comprar óleos essenciais individuais, adquira-os previamente misturados ou escolha produtos para o banho e para o corpo que os contenham.

 

2. Pensa-se que alguns óleos possam trazer algum risco durante a gravidez. Por esta razão aconselhe-se junto de um aromaterapeuta se esperar um filho e quiser usar óleos essenciais.

 

3. Não tente tratar doenças com eles; consulte o seu clínico geral.

 

4. Os óleos essenciais podem ser caros, mas bastam apenas umas gotas para obter bons resultados.

 

5. Não aplique óleos essenciais puros sobre a pele uma vez que são muito concentrados e podem originar inflamações. A exceção é a alfazema, que pode ser usada sobre a pele em caso de picadas de insetos. Nos outros casos os óleos essenciais devem ser diluídos num óleo base.

 

6. Não ingira os óleos essenciais; eles são aproximadamente 50 a 100 vezes mais concentrados do que a planta de onde foram extraídos.

 

7. Não aplique os óleos em zonas de pele ferida, inflamada ou recém-cicatrizada.

 

8. Seja qual for o método de aromaterapia que usa, feche a porta do quarto para evitar que o aroma se escape.

 

9. Para resultados imediatos em aromaterapia experimente inalar o vapor. Junte 3 a 4 gotas do óleo que escolheu numa taça de água quente, incline-se sobre ela e cubra a cabeça com uma toalha. Inspire profundamente durante cerca de 5 minutos.

 

10. Deite algumas gotas do seu óleo preferido num lenço de papel para que o possa inalar sempre que deseje. O eucalipto é ótimo se tiver o nariz entupido, ou borrife algumas gotas de camomila ou alfazema na sua almofada para dormir melhor.