Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Gaia Ciência

Gaia Ciência

Introdução aos sonhos

Pela sua própria natureza, os sonhos são efémeros e frequentemente impossíveis de recordar. Se o fazemos, muitas vezes é sob a forma de uma série confusa de imagens e sentimentos mas, de vez em quando, temos um sonho que é tão surpreendentemente real que permanece connosco durante horas ou mesmo dias.

 

Sonhos

 

Há inúmeras teorias sobre a razão por que sonhamos, incluindo algumas que sugerem que os sonhos não têm significado, sendo simplesmente uma forma de o cérebro se livrar dos restos do dia. Porém, ignorar a importância dos sonhos e o seu papel seria ignorar uma parte da nossa experiência que é não somente fascinante como pode trazer conhecimento e inspiração.

 

Os sonhos têm-nos intrigado ao longo da história e através das diferentes culturas. Os Egípcios antigos e os Gregos dormiam nos templos a fim de provocar determinados sonhos e diversas tribos índias praticavam rituais especiais para os sonhos. Não precisamos de ir tão longe para entrar em contato com o nosso mundo onírico, mas podemos aprender a recordar os nossos sonhos com maior clareza e a compreendê-los melhor. Isto, por sua vez, pode levar a um maior conhecimento de nós próprios e das pessoas e influências nas nossas vidas.

 

A análise dos sonhos não é linear. Sonhamos através de uma linguagem de símbolos e imagens que têm de ser interpretados e que por vezes pode ser óbvia, como num sonho sobre um supervisor laboral que se transforma num monstro, mas outras vezes é necessário ir um pouco mais fundo para descobrir um possível significado.

 

É necessário ter em conta o que acontece na nossa vida real e como isso se relaciona com o sonho, mas alguns podem ter que ver com um qualquer processo interior com pouca relação com outros acontecimentos. Ao começar a estudar melhor os nossos sonhos, podemos vir a descobrir temas ou padrões que se repetem. Podemos até achar que, porque prestamos mais atenção, sonhamos mais e lembramo-nos melhor dos sonhos. Cada sonho é único e os sentimentos do sonhador são um elemento crucial na sua interpretação.

 

Sonhar não é, de modo algum, uma experiência sempre agradável: muitos sonhos são perturbadores ou mesmo assustadores, mas dar atenção a estes sonhos pode ser particularmente frutífero pois eles podem ajudar-nos a compreender e a lidar com os problemas da vida.

 

Explorar os sonhos pode revelar diferentes aspectos de nós próprios, dar-nos uma perspectiva interessante da vida ou incendiar a nossa imaginação e potencial criativo. Eles constituem uma chave para todo um mundo de experiências que pode tornar-se uma aventura para toda a vida.