Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Gaia Ciência

Gaia Ciência

O exercício físico é excelente para tratar a depressão

Toda a gente sabe que o exercício físico regular é bom para o corpo. Mas o exercício é também uma das maneiras mais eficazes para melhorar a sua saúde mental. O exercício regular pode ter um profundo impacto positivo sobre a depressão. Você não tem que ser uma fanática da aptidão para colher os benefícios. A pesquisa indica que pequenas quantidades de exercício podem fazer toda a diferença. Não importa a sua idade ou nível de condicionamento físico, você pode aprender a usar o exercício como uma ferramenta poderosa para se sentir melhor.

 

Exercício físico

 

Exercício não é apenas sobre a capacidade aeróbica e tamanho muscular. Claro, o exercício pode melhorar a sua saúde física e o seu físico, diminuir a sua cintura, melhorar a sua vida sexual e até mesmo adicionar anos à sua vida. Mas isso não é o que motiva a maioria das pessoas a manterem-se ativas.

 

As pessoas que se exercitam regularmente tendem a fazê-lo porque lhes dá uma enorme sensação de bem-estar. Elas sentem-se com mais energia ao longo do dia, dormem melhor à noite e sentem-se mais relaxadas e positivas sobre si mesmas e suas vidas.

 

Estudos mostram que o exercício pode tratar a depressão ligeira a moderada de forma tão eficaz como a medicação antidepressiva, mas sem os efeitos colaterais, é claro. Além de aliviar os sintomas de depressão, a pesquisa também mostra que a manutenção de um programa de exercícios pode prevenir recaídas.

 

O exercício físico é um poderoso lutador contra a depressão por várias razões. Mais importante ainda, promove todos os tipos de mudanças no cérebro, incluindo o crescimento neural, reduz inflamações e cria novos padrões de atividade que promovem sentimentos de calma e bem-estar. Ele também liberta endorfinas, substâncias químicas poderosas que atuam no seu cérebro e que fazem você sentir-se bem. Finalmente, o exercício também pode servir como uma distração, permitindo-lhe encontrar algum tempo para sair do ciclo de pensamentos negativos que alimentam a depressão.