Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Gaia Ciência

Gaia Ciência

Porque esquecemos os sonhos?

Apesar de todos termos períodos de sono REM, algumas pessoas dizem nunca sonhar, pois não se lembram dos seus sonhos. Mas, se eles são tão importantes para nós, porque os esquecemos tão facilmente?

 

Sonho

 

Cerca de um quarto do nosso sono é tomado pelos sonhos, o que perfaz cerca de duas horas por noite. É muito tempo para recordar, especialmente porque só nos lembramos dos sonhos se acordarmos no seu decurso ou imediatamente depois. A maioria de nós tem uma vida ocupada, acordando prontos para iniciar imediatamente o nosso dia. Perder tempo a pensar no que podemos ter estado a sonhar durante a noite parece um luxo a que não nos podemos dar.

 

Outra razão é provavelmente por os sonhos serem, por natureza, difíceis de recordar. São frequentemente caóticos, confusos e sem estrutura e saltam, incoerentemente, de uma imagem para outra. A memória que temos deles tende a ser parcial e imprecisa. Podemos lembrar-nos apenas de um pormenor desesperante enquanto a estrutura global nos escapa silenciosamente. É sempre mais fácil recordar sonhos dramáticos e coloridos ou os que possuem algum significado pessoal.