Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Gaia Ciência

Gaia Ciência

Temos consciência de alguma coisa quando estamos sob anestesia geral?

Até há pouco, considerava-se que um doente anestesiado, logo inconsciente, não fazia ideia do que se passava enquanto permanecia na sala de operações. Atualmente, já não se pensa assim.

 

Anestesia geral

 

Henry Bennett, psicólogo na Escola Médica da Universidade da Califórnia, bem como outros investigadores, descobriu que os doentes inconscientes são capazes de ouvir. Em face disso, Bennett avisou de que as observações descuidadas feitas na sala de observações — o comentário de um médico sobre a operação que não corre bem, por exemplo — podem assustar o doente ou prejudicar a sua recuperação. Mas existem igualmente indicações de que uma sugestão apropriada poderá ajudar um doente inconsciente.

 

Qual é a prova? Em determinado estudo, uma gravação em fita magnética que era passada na sala de operações pedia aos doentes que indicassem se tinham ouvido a mensagem gravada, levando as mãos às orelhas durante uma entrevista que teria lugar depois da operação. Mais tarde, os doentes fizeram precisamente isso, embora, conscientemente, não se recordassem de terem ouvido a gravação. Noutro estudo, doentes que eram operados às costas foram informados, enquanto inconscientes, de que, depois da operação, não teriam dificuldade em urinar (um problema vulgar nestes casos) — e, na verdade, não tiveram.